O Flamengo entrará em uma semana decisiva para definir qual será os procedimentos adotados sobre a lesão de Rodrigo Caio. O jogador se recupera de problema no menisco medial do joelho esquerdo, que surgiu em julho. Em um primeiro momento, o Mengão optou pelo tratamento conservador, no entanto, as coisas podem mudar no departamento médico da Gávea.

O tratamento conservador segue o caminho de não realizar cirurgia, o próprio zagueiro sinalizou que não gostaria de ser submetido a outra operação. Mas, se em um primeiro momento foi afastada a possibilidade da cirurgia, agora tal procedimento é estudado pelo Flamengo. A informação é do Globoesporte.com.

Para bater o martelo, o médico Márcio Tannure, que comanda o departamento de saúde e performance do Mais Querido, estipulou um prazo de quatro semanas para fazer novas avaliações e desta forma, avaliar se é preciso o procedimento cirúrgico, ou se o atleta poderá seguir no tratamento conservador. Contudo, tal prazo termina no próximo domingo (7), e os exames que indicaram o caminho a escolher acontecerão na próxima semana.

Rodrigo Caio é uma peça-chave do elenco do Mengão, mas em 2022 ficou fora de combate por um longo período. Em 2022, entrou em campo em 12 jogos, de 50 disputados pelo Mais Querido. Em janeiro teve de passar por cirurgia no joelho direito após inflamação sofrida em outra cirurgia, realizada em dezembro de 2021.