Embalou de vez com o Dorival. Essa é a sensação que toma conta da torcida Rubro-Negra pelas atuações e resultados recentes do Flamengo, nas três frentes que disputa na temporada. O time da Gávea não tomou conhecimento do Corinthians na Neo Química Arena, na última terça-feira (2), venceu por 2 a 0 e produziu o suficiente para construir um placar mais elástico. 

Com o triunfo fora de casa, o Clube abriu vantagem na ida das quartas de final da Libertadores e decide no Maracanã, na próxima terça-feira (9), a vaga nas semifinais da competição sul-americana. Resultado positivo construído com protagonismo de nomes já consagrados no Fla. Arrascaeta e Gabi marcaram bonitos gols para garantir a vitória sobre o Timão. A fase é boa também no Brasileirão. No último sábado (30), o treinador Dorival Jr. escalou uma equipe alternativa e goleou o Atlético-GO por 4 a 1. 

Esse placar já contou com a participação de um dos importantes reforços contratados nesta janela de transferências. Cobrando pênalti, Arturo Vidal marcou o terceiro gol flamenguista no jogo. Os outros gols foram anotados por Marinho, Lázaro e Vitor Hugo. A partida marcou as estreias de Vidal e Everton Cebolinha como titulares do Rubro-Negro. Cebolinha fez sua primeira apresentação com a camisa do Flamengo na 18ª rodada da Série A nacional, quando deu assistência para um dos gols na vitória por 4 a 0 para cima do Juventude. 

Já Vidal foi a campo pela primeira vez pelo Fla na rodada seguinte, na vitória fora de casa por 2 a 1, frente ao Avaí. Cebolinha soma até cinco partidas pelo Clube, enquanto Vidal, tem três. Os dois jogadores de Seleção (Brasileira e Chilena) são os principais nomes trazidos pelo Rubro-Negro até agora. Eles puxam a fila de selecionáveis contratados, que tem ainda o uruguaio Guillermo Varela e o chileno Erick Pulgar. 

Lista essa que pode aumentar, com a chegada de Oscar, cada vez mais próxima. Contrariando a Nação Rubro-Negra, o apresentador e comentarista Neto não vê com bons olhos a vinda do meio-campista. "O Flamengo vai contratar o tal de Oscar, né? O Oscar cinco anos na China: 44 gols. Na China, hein?! Dá quase nove gols por ano. Aí, ele jogou cinco anos no futebol brasileiro, fez 19 gols. Jogadorzinho ‘meia-colher’. Não joga na Seleção desde 2016. Ganhou dois títulos na China. Aí o Flamengo tem Marinho, Pedro, Gabigol, Everton. Com 23/24 anos, tudo bem, mas com 30? Meia-colherzinha!”, enfatizou.