O Santos se prepara para o duelo diante do Ceará, que acontece no próximo sábado (10), na Arena Castelão. O técnico Lisca terá que quebrar a cabeça para montar a formação do meio-campo da equipe, que terá o desfalque do volante Rodrigo Fernández, que está no departamento médico por conta de uma lesão muscular na coxa direita.

A necessidade de mexer na meia-cancha do Santástico já se tornou rotina para Lisca, pois será a quarta vez seguida que o treinador terá que promover mudanças no setor. A situação se complicou há um mês, com o afastamento de Carlos Sánchez, por lesão. Desde então, o esquema tático do Peixe foi impactado.

 

Dentro do esquema 4-3-3, existe a possibilidade do Alvinegro Praiano adotar uma outra ideia de jogo. Desta forma, Lua e Camacho entram na equipe titular. Assim, o meia jogaria na vaga de Carabajal e Camacho jogaria como primeiro volante. 

Contudo, os testes no CT Rei Pelé estão lançados, pois a decisão sobre qual forma jogar deve sair apenas no treino que o Santos fará em Fortaleza, na próxima sexta-feira (9). Os testes abrem o leque das possibilidades, com a comissão técnica analisando formações alternativas, bem como, quais jogadores serão acionados na equipe titular.