O São Paulo ainda foca em fugir de vez de qualquer possibilidade de rebaixamento nessa temporada, já que a diferença para o primeiro time dentro do Z-4 é de 5 pontos. A equipe comandada por Rogério Ceni busca uma vitória, além de uma melhora no desempenho, já que vem escorregando recentemente e conquistou apenas 1 dos últimos 6 pontos disputados.

 

 

Fora isso, um atacante, que foi negociado pelo Tricolor, se despediu do clube pelo Instagram. Cria das categorias de base e estreando nos profissionais em 2018, passou por diversos clubes por empréstimo, como o Portimonense, de Portugal, São Bento e Juventude. Sob o comando do técnico Fernando Diniz, chegou a jogar 22 partidas, mas com a chegada de Crespo, perdeu espaço.

 

 

Trata-se de Paulinho Bóia, que vai atuar no Metalist, da Ucrânia. O jovem demonstrou carinho pelo time que o revelou ao futebol: "Cada segundo desses mais de 100 jogos, entre a base e o profissional, foram especiais e levarei tudo no meu coração, não importa o lugar que eu esteja desse mundo? Agora um pouquinho mais de longe sigo como torcedor desse clube que chamo de segunda casa", publicou.

 

 

Pela transação, o time do Morumbi deve receber cerca de 1,1 milhão de euros, cerca de R$ 7 milhões, por 70% dos direitos econômicos. O total da negociação é de 1,6 milhão de euros, mas o Juventude deve ficar com uma parte desse valor. No Brasileiro, pelo clube de Caixas do Sul, o garoto jogou 20 partidas, 17 como titular, fazendo três gols.

 

 

Após empate por 1 a 1 conquistado no fim contra o Fortaleza, o São Paulo mudou a programação do elenco e deu folga aos jogadores. A princípio, treinaria no período da tarde no CT da Barra Funda, mas a comissão técnica decidiu poupar o grupo, que chegou já nesta ontem à capital paulista. Sendo assim, o próximo treino só ocorrerá nessa sexta-feira (12). O técnico Ceni e os jogadores voltam ao trabalho a partir das 10h, no CT da Barra Funda, se preparando para enfrentar o Flamengo.