Nesta quarta-feira (13), o São Paulo anunciou a saída do técnico Hernán Crespo e de sua comissão técnica do clube. Agora, a diretoria correu e fechou a chegada de um novo comandante e nomes começam a surgir. É um velho conhecido: o ex-goleiro Rogério Ceni. 

Segundo apuração do Bolavip, o nome era o mais forte na diretoria tricolor, que já sinalizou uma proposta para a volta do ex-goleiro horas depois da saída de Crespo, que fez seu nome como o principal jogador da história do clube e teve passagem como técnico em 2017, ainda com Leco como presidente. 

Do lado do Rogério, o treinador não queria mais trabalhar neste ano, até chegou a recusar ofertas para treinar o Santos e uma sondagem do grêmio nos últimos dias. Apesar de imagem ''arranhada'' com os torcedores por conta de falas ainda quando dirigia o Flamengo, Ceni gostou da ideia de retornar para ''casa''. 

Rogério Ceni comandou o São Paulo em 2017, tendo a sua primeira experiência como treinador. Disputou 35 partidas oficiais, em quatro competições: Brasileirão, Copa do Brasil, Sul-Americana e Paulista. Foram 14 vitórias, 11 empates e 10 derrotas. O aproveitamento é de aproximadamente 50,48%, com 55 gols feitos e 42 sofridos.

Agora, Ceni tem a missão de conquistar uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. A equipe figura somente na 13ª colocação e enfrenta o Ceará nesta quinta-feira (14), pela 25ª rodada do Brasileirão.