O São Paulo entrou em campo nesta quinta-feira (14), contra o Ceará em estreia de Rogério Ceni como treinador da equipe. Com a motivação do fato novo e apoio de mais de 9 mil torcedores, os mandantes pressionaram fortemente o adversário, mas não conseguiu marcar. Na única oportunidade, o Vovô marcou com Fabinho, porém na segunda etapa, Calleri empatou.

O empate não ajudou muito os times na classificação. Com o resultado, as equipes continuam de onde começaram a rodada. O Tricolor Paulista chega aos 31 pontos conquistados na 13ª colocação e o Ceará está logo atrás, com 30. 

 

 
 

O primeiro tempo foi todo do São Paulo, que teve inúmeras chances de marcar, mas faltou capricho. Na única oportunidade que teve, o Ceará abriu o placar com Fabinho. Na segunda etapa, o cenário se manteve, mas desta vez, Calleri empatou para o Tricolor Paulista.

Tiago Volpi mais uma vez foi protagonista no duelo de forma positiva. Apesar do gol sofrido, mas chances em que o Ceará chegou, o arqueiro foi bem. Calleri fez aquela partida que faz o torcedor relembrar "por que o 9 não chegou antes''. O atacante teve uma oportunidade clara e empatou.

Ainda na primeira etapa, Miranda recebeu cartão amarelo, sendo o terceiro na competição e está fora da partida contra o Corinthians. No intervalo, a luz do estádio do Morumbi caiu novamente (assim como no pré-jogo), devido a forte chuva na cidade de São Paulo, mas sem atrapalhar o andamento do duelo. Com o empate, o time chegou a seis empates seguidos pela primeira vez na história.

 
 

O São Paulo volta para campo na próxima segunda-feira (18), quando enfrenta o Corinthians, no estádio do Morumbi, às 20h. Por outro lado, o Ceará joga no domingo (17), contra o Red Bull Bragantino, na Arena Castelão, às 18h15 (horário de Brasília).