Zagueiro Neto anuncia aposentadoria

Futebol Chapecoense

Zagueiro Neto, sobrevivente da tragédia envolvendo a Chape, anuncia aposentadoria dos gramados

O atleta havia voltado a treinar com bola em março deste ano. No entanto, após dois anos se recuperando, o jogador decidiu pendurar as chuteiras aos 34 anos de idade, depois de muitos percalços.

Bolavip

Zagueiro Neto anuncia aposentadoria

Zagueiro Neto anuncia aposentadoria

Nesta sexta-feira (13), Neto, zagueiro sobrevivente da tragédia envolvendo o avião que levava a Chapecoense para a decisão da Copa Sul-Americana, em 2016, decidiu se aposentar dos gramados. Aos 34 anos, o jogador atribui às dores o principal fator que o levou a pendurar as chuteiras.

Da esquerda para a direita: Alan Ruschel, Neto e Jackson Follman. Dos jogadores que sobreviveram, somente Ruchel continua atuando dentro de campo

"Meu corpo não aguentava mais. As dores eram maiores que o prazer. Conversei com os médicos e logo vai ter um comunicado oficial do clube. Aparentemente, no dia-a-dia não tinha dores, mas nos treinos em alto nível o corpo não aguentava as dores no joelho e na coluna, que foram o que mais me entristeceram no final e me tiraram do campo", explicou Neto em entrevista ao Globo Esporte.

Nascido no Rio de Janeiro, o homem da "zaga" que chegou ao Verdão do Oeste em 2015 foi o último a ser resgatado no acidente que marcou o pior momento na história do futebol catarinense. Também sobreviveram o ex-goleiro Jackson Follman e o lateral-esquerdo Alan Ruschel, atualmente no Goiás. Além dos jogadores, o jornalista Rafael Henzel escapou da tragédia, mas faleceu em março deste ano ao sofrer um infarto enquanto jogava futebol.

"Estou enraizado aqui, antes da tragédia pensava em morar aqui. Lembrava da conversa com Maurinho (Stumpf, dirigente morto na tragédia) e minha renovação passava por isso. Se renovasse ia comprar apartamento para morar aqui. Para mim é uma satisfação estar aqui, viver o que tenho vivido. Aqui a gente recebe o carinho do torcedor e entendem que a gente ama o clube e a cidade", concluiu no evento que marcou os três anos do acidente aéreo.

O ex-zagueiro pretende continuar morando em Chapecó. Por outra lado, a diretoria da Chape tem o objetivo de dar continuidade ao trabalho tornando Neto um membro do departamento de futebol.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.