arrow_drop_down
search
Pressionado: Barros não deve permanecer no cargo (Foto: Divulgação/Site Oficial do Athletico)

Futebol Athletico Paranaense

Eduardo Barros não convence e Athletico volta à carga por novo técnico; nomes estrangeiros são analisados

O interino não vem tendo bom rendimento e o sinal de alerta já foi ligado na diretoria, que se movimenta nos bastidores para encontrar uma solução

Bolavip

Pressionado: Barros não deve permanecer no cargo (Foto: Divulgação/Site Oficial do Athletico)

Pressionado: Barros não deve permanecer no cargo (Foto: Divulgação/Site Oficial do Athletico)

O Athletico vive um momento conturbado na temporada 2020. Apesar da classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Furacão não vence há cinco jogos no Campeonato Brasileiro e aparece na zona de rebaixamento. A diretoria já está atenta e se movimentando nos bastidores para melhorar o rendimento da equipe. 

De acordo com a reportagem do site Globoesporte.com, após dar tempo para o interino Eduardo Barros tentar resolver os problemas, o Athletico voltou à carga na busca por um novo treinador. Desde a demissão de Dorival Júnior, o jovem comandante soma 12 partidas, com quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Ele ganhou crédito com os resultados na reta final do Brasileirão 2019, quando venceu cinco vezes e empatou três.

A alta cúpula do Furacão, segundo os jornalistas Fernando Freire e Nadja Mauad, estuda alternativas no mercado brasileiro, mas, principalmente, nomes do exterior. Os dirigentes ainda não chegaram a um consenso da alternativa ideal, o que fará com que Barros seja mantido, ao menos, para os dois próximos jogos.

Barros: desempenho no Brasileirão preocupa diretoria (Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial do Athletico/Divulgação)
Barros: desempenho no Brasileirão preocupa diretoria (Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial do Athletico/Divulgação)

Neste sábado (17), o Athletico encara o Atlético-GO, às 19h, no Estádio Olímpico, em Goiânia. Visando deixar a zona de rebaixamento,  em 18º com 15 pontos, um atrás do rival Coritiba, primeiro time fora do Z4,  o Furacão terá o reforço do goleiro Santos, que estava com a Seleção Brasileira. O lateral Jonathan e o meia Nikão são dúvidas, enquanto Erick está fora por suspensão.

Após o confronto pelo Brasilerão, o Athletico tentará garantir a primeira posição do grupo C da Libertadores. Na terça-feira (20), a equipe, que aparece na liderança com 10 pontos, três a mais que o Jorge Wilstermann, visita o Peñarol, no Estádio Campeón del Siglo, às 21h30min. Na sequência, serão dois jogos em casa, contra Grêmio e Flamengo.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.