Nesta terça-feira (20), veio à tona uma movimentação no mercado da bola que pode reverberar nos cofres Rubro-Negros, embora o Fla não esteja envolvido nas negociações. O Palmeiras despertou o interesse no lateral-esquerdo Jorge, para suprir a lacuna deixada por Matias Viña, que deve se transferir para a Roma.

Jorge é formado nas categorias de base do Mengão, deixou o Ninho em 2017, quando foi negociado com o Monaco-FRA, por € 9 milhões (R$ 30 milhões na cotação daquele ano). Depois de ser contratado pelo time da França, o jogador foi emprestado para o Porto (2018), para o Santos (2019) e para o Basel, da Suiça, clube ao qual permanece.

Para fechar acordo com o Palmeiras, o Monaco pede alto, já que a equipe do Principado avalia que o lateral ainda tem valor no mercado. A equipe paulista terá que desembolsar cerca de 6 milhões de euros (R$ 36.8 mi).

Mas e o Mengão...Quando ganha nessa história? Se a transferência de Jorge se concretizar, o Mais Querido terá direito a 3,2% do valor pretendido pelo Monaco. Tal porcentagem corresponde a R$ 1,1 milhão.