O Grêmio tem mais três jogos pela frente em 2021 para evitar o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Após a disputa de 35 jogos, o Tricolor Gaúcho aparece no 18º lugar na classificação com 36 pontos, seis a menos que o Athletico-PR, primeira equipe fora do Z-4. Nesta quinta-feira (2), o time encara o São Paulo, antes de visitar o Corinthians e receber o Atlético-MG, na última rodada. 

Já de olho no próximo ano, o Grêmio deve passar por uma reformulação em seu elenco, independente da permanência ou não na Série A. Ao longo da semana, a diretoria já afastou sete atletas que não integravam o planejamento da comissão técnica. Visando a pré-temporada, o Tricolor convocou dois jogadores para o retorno às atividades do elenco.

O Grêmio já comunicou os staffs do volante Michel e do lateral-direito Felipe Albuquerque sobre a reapresentação no clube, que deve acontecer no dia 2 de janeiro. Os futuros dos jogadores, no entanto, ainda não foram definidos oficialmente. A diretoria aguarda a definição do Brasileirão e o possível rebaixamento para iniciar de vez seus planos. 

Na última quarta-feira (1), os dois jogadores tiveram seus contratos com o Tricolor reativados no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Emprestado ao Vasco, Michel acumulou apenas sete partidas e não entra em campo desde o dia 3 de julho, quando relatou dores no joelho esquerdo. O volante já passou por três intervenções médicas no local nos últimos quatro anos.

O caso é diferente de Felipe, que teve sequência com a camisa da Ponte Preta, disputando 31 jogos da Série B, sendo titular em 27 oportunidades. O defensor pode virar alternativa para o Grêmio em um setor carente. Com Vanderson na mira do exterior e Rafinha em reta final de contrato, a lateral direita é uma das incógnitas do clube para 2022.