arrow_drop_down
search
Cartola do Palmeiras leva para o pessoal e apela contra Pelé por polêmica do Mundial

Futebol Palmeiras

Cartola do Palmeiras leva para o pessoal e apela contra Pelé por polêmica do Mundial de 1951: "Não é qualidade dele"

Em entrevista ao UOL Esporte, Roberto Frizzo, dirigente que encaminhou o dossiê à Fifa para reconhecer o Torneio Internacional de Clubes de 1951 como 1° Mundial, não recebeu bem a opinião do Rei de Futebol sobre o assunto e tratou de lhe dar uma invertida que agitou as redes sociais na manhã desta quarta-feira (25)

Bolavip

Cartola do Palmeiras leva para o pessoal e apela contra Pelé por polêmica do Mundial

Cartola do Palmeiras leva para o pessoal e apela contra Pelé por polêmica do Mundial

Em dias sem futebol no Brasil por conta da pandemia pelo coronavírus, as notícias extracampo brotam entre os clubes. E as polêmicas também. Pelé que o diga. Em entrevista à CNN Brasil, o Rei do Futebol rechaçou reconhecer a Copa Rio de 1951, conquistada pelo Palmeiras em decisão sobre a Juventus-ITA, como Mundial de Clubes. "Não foi um Campeonato Mundial. Não era um torneio como os torneios [mundiais] disputados hoje, como os que o Santos ganhou em 1961 e 1962", disse o eterno camisa 10. 

Obviamente a declaração de Pelé foi um prato cheio para os rivais do Palmeiras, que seguem afirmando que o clube alviverde é o único dos quatro grandes de São Paulo que não tem Mundial no currículo. A entrevista do Rei chegou, finalmente, à rua Palestra Itália e Roberto Frizzo, mentor do dossiê enviado à Fifa para reconhecer o torneio de caráter mundial, desdenhou da opinião do ídolo santista

Cop Rio de 1951 é até hoje um debate sem conclusão; aos palmeirenses, é reconhecido o primeiro Mundial. Foto: Divulgação

Reconhecimento não é a grande qualidade dele [Pelé]”, disse Frizzo em entrevista ao portal UOL Esporte. “Se não reconheceu uma filha [Sandra Regina], vai reconhecer alguma coisa do Palmeiras agora?”, completou o cartola, fazendo alusão ao caso da filha para ganhar o reconhecimento da paternidade do Rei do Futebol.

O assunto sobre o reconhecimento do título do Torneio Internacional de Clubes de 1951 como Mundial é alvo de constantes debates no futebol brasileiro. O Palmeiras encaminhou o dossiê à Fifa na gestão de Joseph Blatter, que, em 2014, reconhcera o Verdão como o primeiro vencedor da disputa do torneio. Entretanto o novo presidente da entidade, Gianni Infantino, voltou atrás na decisão e chegou até a "esquecer" os campeões do torneio antes de 2000, excluindo da lista o bi de Pelé pelo Santos na década de 1960. 

Apesar da opinião contrária da Fifa, o Palmeiras reconhece oficialmente a Copa Rio de 1951 como Mundial Interclubes e introduziu uma estrela vermelha no uniforme como símbolo da conquista. No Allianz Parque, inclusive, há uma ala dos muros com os dizeres "Primeiro Campeão Mundial". 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.