Longe do Barcelona, Daniel Alves ainda tem seu futuro indefinido, no entanto, o lateral-direito de 39 anos tem um objetivo muito claro: permanecer em atuando em alto nível para ser convocado por Tite para integrar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo no Qatar, que acontece no fim do ano. E em entrevista ao Podpah, o técnico da Seleção deixou claro que este é um dos critérios para o craque ter seu nome na lista final para a Copa.

 

“Dani é extraordinário tecnicamente. Ele tem que cuidar do aspecto físico”, disse o treinador. “Conversei com ele e brinquei: ‘Dani, você não vai estar na Copa só por um motivo: se fisicamente não estiver nas melhores condições e num campeonato de alto nível”, completou.

 

Além de comentar os critérios para Daniel Alves integrar a Seleção na Copa do Mundo, Tite também falou sobre o número de jogadores convocados na preparação para o Mundial deste ano e comparou com as convocações de 2018. Nós demos oportunidades para 77 jogadores nesse ciclo, no anterior, da Copa de 2018, nós chamamos 48”, disse o treinador.

Além de Tite, César Sampaio, auxiliar técnico da Seleção, também participou da entrevista e pontuou que será difícil novos jogadores serem convocados. “É mais difícil agora, mas estamos sempre abertos. Temos a lista larga e a nossa responsabilidade é prezar por ela, mas o atleta que estiver sobressaindo em sua posição temos que observar.”, comentou o auxiliar.