A campanha da Seleção Brasileira nesta edição das Eliminatórias da Copa do Mundo é impressionante. Tendo conquistado o acesso ao Mundial ainda em novembro, a seis rodadas do término, a Amarelinha conseguiu, também, chegar à marca de melhor campanha da história da competição.

Foram 17 partidas disputadas, com 14 vitórias, três empates e nenhuma derrota. Ao todo, 45 pontos, suficientes para desbancar os 43 da Argentina nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. Na ocasião, a Albiceleste, treinada por Marcelo Bielsa, teve 13 vitórias, quatro empates e uma derrota, para o Brasil, por 3 a 1.

A diferença é que naquela edição, os Hermanos disputaram todos os 18 duelos marcados; desta vez, o Brasil ainda tem uma partida pendente, contra a mesma Argentina, que acabou suspensa por conta da intervenção de agentes da Anvisa em setembro de 2021, na capital de São Paulo. O duelo deve ser remarcado, mas ainda não tem previsão de data definida.

Com o Brasil, Tite conseguiu não só bater o recorde geral, como também superar sua própria marca nas Eliminatórias anteriores. No ciclo passado, ele assumiu a Seleção com seis rodadas, e encerrou com 41 pontos ganhos, quatro a menos que na edição atual. 

Contando todos os jogos do técnico pelo Brasil, ele nunca foi derrotado em uma partida de Eliminatórias: foram 29 partidas, entre 2016 e 2022, com 24 vitórias e cinco empates (88,5% de aproveitamento); 70 gols marcados e apenas oito sofridos.