O São Paulo não perde tempo e quer reforçar o elenco de trabalho do técnico Dorival Júnior. De olho na sequência da temporada de 2023, o Tricolor já anunciou o retorno de Alexandre Pato e trabalha para dar novas alternativas ao comandante, que vive um grande momento desde que foi contratado, acumulando bons resultados. 

Foto: Lucas Emanuel/AGIF - Dorival quer o jogador, mas alto salário atrapalha o São Paulo
Foto: Lucas Emanuel/AGIF - Dorival quer o jogador, mas alto salário atrapalha o São Paulo

Nesta semana, uma nova possibilidade surgiu nos bastidores e animou Dorival Júnior, mas a questão financeira é uma barreira que precisa ser superada. Afastado do elenco do Flamengo pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, o atacante Marinho está no radar do São Paulo, que já abriu conversas para tentar fechar negócio. 

De acordo com informações da reportagem do site Globo Esporte, Dorival Júnior é o grande trunfo paulista nas negociações. No Flamengo, técnico e atacante trabalharam lado a lado e Marinho viveu um bom momento, com direito a gol marcado na semifinal da Libertadores, vencida pelos cariocas, além do título da Copa do Brasil.

"No entanto, a negociação não deve ser simples. Isso porque o São Paulo não pretende pagar um alto salário como o que Marinho recebe no Flamengo. Os vencimentos do jogador giram em torno de R$ 750 mil a R$ 800 mil", alertou o GE. O site ainda apontou duas saída para o negócio ser efetivado nos próximos dias. 

Para fechar, Marinho teria que aceitar uma redução salarial ou então contar com um acordo entre os clubes para que o salário seja dividido. Outra saída é o jogador pedir a rescisão contratual com o Flamengo, o que facilitaria para o São Paulo tratar de uma redução salarial. Neste segundo cenário, o Tricolor também poderia incluir valores relativos a luvas pela assinatura do vínculo.