arrow_drop_down
search
Rigoni e Marquinhos comemoram um dos gols da vitória do São Paulo sobre o Racing (Foto: Getty Images)

Notícias São Paulo

São Paulo não vencia na Argentina desde 2005 pela Libertadores; confira todos os detalhes

Tricolor se classificou às quartas de final da Copa Libertadores na noite desta terça-feira (20), ao vencer o Racing por 3 a 1 em Avellaneda.

Bolavip

Rigoni e Marquinhos comemoram um dos gols da vitória do São Paulo sobre o Racing (Foto: Getty Images)

Rigoni e Marquinhos comemoram um dos gols da vitória do São Paulo sobre o Racing (Foto: Getty Images)

A classificação do São Paulo às quartas de final da Copa Libertadores, com uma vitória por 3 a 1 sobre o Racing em Avellaneda, quebrou alguns tabus. Um deles foi ultrapassar a fase oitavas de final, algo que, na década passada, só aconteceu em 2016. Nas últimas duas Libertadores, o Tricolor caiu na fase preliminar em 2019, e na fase de grupos em 2020.

Outro jejum que foi interrompido na noite de ontem foi o de não vencer em solo argentino há 15 anos pela Libertadores. A última vitória havia sido em 2005, na campanha do terceiro título da Copa Libertadores. Depois de vencer o River Plate por 2 a 0 no Morumbi, o São Paulo dominou completamente os Millonarios no Monumental de Núñez.

A vitória foi por 3 a 2, com gols de Danilo, Amoroso e Fabão. Farías e Salas marcaram para o River, que não esteve perto da classificação em nenhum momento. A equipe de Buenos Aires tinha bons jogadores em seu elenco, entre eles Lucho González, Mascherano, Marcelo Salas e o atual técnico Marcelo Gallardo.

Na final, o São Paulo venceu o Athletico por 5 a 1 no placar agregado e sagrou-se tricampeão da Libertadores. Desde então, foram sete partidas pela principal competição sul-americana realizadas na Argentina, com cinco derrotas e dois empates. A mais marcante foi a diante do Talleres, em 2019, por 2 a 0.

Em outras competições, o Tricolor chegou a vencer o Colón por 1 a 0 pela Copa Sul-Americana de 2018, em Santa Fé, com gol de Liziero. Nos pênaltis, a equipe argentina acabou levando a melhor. No Morumbi, a equipe sofreu apenas uma derrota para times do país vizinho: neste ano, diante do Racing, por 1 a 0, pela fase de grupos.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.