Jogo dramático

A final da noite desta terça-feira (28), não foi a esperada para o torcedor Vascaíno. Em um São Januário abarrotado, com mais de 20 mil torcedores, o Cruz-Maltino acabou sendo derrotado por 4 a 2 para o Corinthians.

Vegetti jogador do Vasco durante partida contra o Corinthians no estadio Sao Januario pelo campeonato Brasileiro A 2023. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
© Thiago Ribeiro/AGIFVegetti jogador do Vasco durante partida contra o Corinthians no estadio Sao Januario pelo campeonato Brasileiro A 2023. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Podcast do Bolavip Brasil debate a reta final do Campeonato Brasileiro.

O jogo era um confronto direto para a fuga da zona do rebaixamento. O Vasco começou melhor, tomando as ações do jogo, tanto é que abriu o placar aos 3’ do primeiro tempo com Puma Rodríguez.

Viu o Corinthians empatar com Ángel Romero, e ainda esteve em vantagem com gol de Vegetti. Porém, o velho problema do Vasco na temporada veio à tona: sem saber controlar a partida o time baixou as linhas, recuou, e sofreu a virada.

No fim do jogo, irritada com a postura do time, os torcedores se revoltaram. Protestaram com cantos na arquibancada, ofenderam os jogadores e até uma lata de cerveja foi jogada na direção do banco de reservas do Corinthians.

Situação delicada

Diante da situação, os jogadores do Timão reclamaram com o árbitro. Vegetti tomando as dores da torcida foi discutir com os rivais, tudo que o Vasco não precisava ao fim da partida.

Era tarde. O Vasco foi derrotado em uma das partidas cruciais para a permanência na Série A. Além disso, atrás de um dos gols, seguranças do estádio foram acionados no momento em que ocorreu um princípio de confusão na arquibancada.

Você acredita na permanência do Vasco na Série A?

Você acredita na permanência do Vasco na Série A?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Com a derrota o Vascão se manteve na 16ª posição do Campeonato Brasileiro. Com apenas mais duas rodadas na competição, o time corre o risco de entrar na zona do rebaixamento caso o Bahia vença seu jogo contra a equipe do São Paulo, nesta quarta-feira (29).

O que dizem os torcedores do Vasco