Derrota amarga contra o Corinthians

A derrota do Vasco nesta última terça-feira (28), contra o Corinthians, rendeu feridas ao coração do cruz-maltino. Ser superado de virada, em São Januário, pode custar a permanência do time na Série A. Entretanto, Ramón Díaz defende que o rebaixamento não vai acontecer.

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF – Ramón Díaz faz pedido a torcida do Vasco
© Thiago Ribeiro/AGIFFoto: Thiago Ribeiro/AGIF – Ramón Díaz faz pedido a torcida do Vasco
Vídeo: Bolavip Brasil/YouTube – Brasileirão tem disputa nas extremidades da tabela

“Quando pensa que alguém não pode se levantar, se levanta. Pode acontecer tudo. Uma equipe conseguir pontos e se salvar. Disse que estava orgulhoso do que fizemos e temos que ter dignidade de lutar até o final. Estou convencido de que não vai cair”, afirmou Ramón Díaz.

Em coletiva de imprensa após o 4 a 2, o técnico Ramón Díaz também dirigiu comentários sobre a forma como o torcedor controla o momento de fúria. O treinador pediu que os vascaínos nas arquibancadas não arremessem objetos em direção ao campo de jogo.

“Que a torcida não cometa o erro de atirar objetos no gramado. Se perdermos o mando de campo, teremos que jogar em outro estádio. Vamos dar a vida para podermos nos salvar, que nossos torcedores fiquem tranquilos”, pediu o treinador do Vasco.

Situação crítica do Vasco na tabela

Com a nova derrota, para um adversário direto na briga contra o rebaixamento, o Vasco pode até mesmo acabar a 36ª rodada dentro do Z-4. Vai depender do jogo do Bahia, que enfrenta o São Paulo em Salvador. Segundo Ramón Díaz, sua equipe se desesperou contra o Corinthians.

“Entramos em desespero, que não é o que a equipe costuma fazer. Fiz mudanças para criar situações, não fomos muito claros. Quando a equipe jogou, criamos situações, mas o futebol tem essa coisa”, opinou o técnico do Gigante da Colina.

Você acredita que o Vasco ainda pode se salvar no Brasileirão?

Você acredita que o Vasco ainda pode se salvar no Brasileirão?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

“Agora temos que esperar os resultados de amanhã (quarta), temos seis pontos em disputa. Como eu disse aos jogadores, ‘não está definido’”, analisou Ramón Díaz sobre os outros resultados na tabela, de times que brigam para não cair.

Torcida do Vasco entra em desespero