Depois da chegada de Alexander "Cacique" Medina, o Internacional vem analisando opções no mercado de transferências em busca de contratações pontuais e que sejam aprovadas pelo comandante. Recentemente, o Fortaleza acertou a venda de 35% do atacante David, por R$ 11 milhões. Dono de 45% dos direitos econômicos do jogador, o clube cearense negociou uma fatia com os gaúchos e manteve os outros 10%. 

 

 

Mesmo com esse reforço no ataque, os dirigentes ainda seguem analisando mais nomes para o setor e tentam as contratações de dois gringos que atuam na Major League Soccer, a liga dos Estados Unidos: o uruguaio Brian Rodriguez, do Los Angeles FC, e o argentino Ezequiel Barco, do Atlanta United, ambos aprovados internamente.

 

 

Porém, além da dupla, o Colorado ainda sondou a situação e tentou contratar outro jogador do Fortaleza, conforme publicou o portal "Revista Colorada": trata-se de Éderson, volante que foi um dos principais destaques do time nordestino. Vinculado ao Corinthians, atuou pelo Tricolor da Piçi em 2021 e seu agente é André Cury, famoso por levar Neymar ao Barcelona e que tem boa relação com os gaúchos.

 

 

O empresário, que também cuida de David, Yuri Alberto e Mauricio, poderia ser um "plus" na negociação, mas as tratativas, no entanto, acabaram não avançando, porque o time o comandando por Sylvinho tinha interesse e contratou o lateral-esquerdo Bruno Melo, que pertencia ao Fortaleza, fazendo com que as partes envolvidas chegassem a um acordo.

 

 

Além disso, a vontade de Éderson também pesou para sua sequência no time nordestino, pois demonstrou desejo de permanecer e acabou renovando seu empréstimo. Assim, a intenção é seguir de olho nas possibilidades e realizar mais algumas contratações, justamente para fechar o grupo e iniciar a temporada atual com o pé direito.