arrow_drop_down
search
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

Futebol Vasco

Ramon cita "desgaste psicológico" e 'desculpa' irrita vascaínos na web; torcedores perdem paciência com Pikachu

Atuando em casa, o Gigante da Colina ficou apenas no empate com o Red Bull Bragantino e perdeu a oportunidade de subir ainda mais na tabela do Brasileirão 

Bolavip

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

O Vasco voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro na manhã deste domingo (27). Diante do Red Bull Bragantino, em São Januário, o Cruz-Maltino saiu na frente do placar aos 5 minutos do segundo tempo com Vínicius, mas sofreu o empate logo na sequência, com gol de Lucas Evangelista. Com o resultado, a equipe permaneceu no quarto lugar com 18 pontos, mas pode perder posições na rodada.

Após a partida, o técnico Ramon Menezes, em entrevista coletiva, elencou os fatores que levaram o Vasco a ficar no 1x1 com o clube paulista. A 'desculpa' encontrada pelo técnico, de apontar o desgaste psicológico como um dos aspectos decisivos não caiu bem com a torcida, que vem cobrando o time desde a eliminação na Copa do Brasil para o Botafogo.

"Foi uma sequência muito dura para a gente, mexeu muito com nosso psicológico, uma eliminação precoce na Copa do Brasil, que era nosso foco. Mas isso tudo traz um desgaste físico e psicológico muito grande. E não se tem tempo de treinar os atletas, e aí vem a queda de rendimento de alguns atletas pela sequência dos jogos. Agora é levantar a cabeça, continuar trabalhando, encher os jogadores de moral. Temos uma semana cheia pela frente. É trabalhar", disse o técnico. 

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco/Divulgação

O comandante, entretanto, não foi o único alvo de críticas dos vascaínos. Os torcedores não gostaram da atuação de Yago Pikachu, tornando o nome do lateral-direito um dos assuntos mais comentados na web. O defensor, que sofreu com as investidas de Bruno Tubarão, foi substituído aos 22 minutos do segundo tempo por Cayo Tenório, jovem que vem sendo pedido no time titular

Apesar do empate em casa, Ramon afirmou ter visto evolução na atuação do Vasco, que volta a campo apenas no domingo (4) para encarar o Atlético-MG, no Mineirão. "Hoje gostei muito do que vi. O time teve superação, se adaptou rapidamente ao horário do jogo, teve velocidade, criou, fez o gol, criamos dificuldade para o adversário. É lógico que em 95, 98 minutos é impossível manter, porque os outros adversários também têm qualidade", destacou o técnico. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.