Gremio v Flamengo - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 Semi-Final 1

Futebol Flamengo

Rafinha põe Jorge Jesus no mesmo patamar de Guardiola e Ancelotti 

O lateral-direito passou 14 anos jogando na Alemanhã e, nos gramados da Bundesliga, conquistou títulos com o Schalke 04 e com o Bayern de Munique. Em menos de seis meses no Ninho do Urubu, o camisa 13 já foi campeão brasileiro e da Libertadores. Rafinha rasgou elogios ao técnico português mais aclamado da atualidade 

Bolavip

Gremio v Flamengo - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 Semi-Final 1

Gremio v Flamengo - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 Semi-Final 1

Rafinha é um bom exemplo de atleta brasileiro consagrado nos gramados europeus. Revelado pelo Coritiba, o lateral-direito logo se transferiu para a Alemanha, onde jogou 14 anos em alto nivel. O lateral-direito foi campeão jogando pelo Schalke 04, onde ficou durante cinco temporadas, e também pelo Bayern de Munique, vestindo a camisa por mais oito anos. Ele foi repatriado pelo Flamengo na janela de meio de ano e logo ficou encantado com o desempenho da equipe. 

Rafinha se consagrou jogando na Alemanha

"Se as pessoas antes não me conheciam, agora conhecem. Logo quando pisei no Rio de Janeiro já senti uma coisa diferente. Não podia ir na padaria, que era parado para tirar foto. Agora, depois dos títulos que conquistamos, acredito que meu nome vai ficar marcado no futebol brasileiro, assim como é na Alemanha", disse Rafinha, convidado do programa “Bola da Vez”, da ESPN Brasil. 

Na entrevista, Rafinha elevou o patamar de Jorge Jesus ao mesmo nível de Pep Guardiola, atual treinador do Manchester City, e de Carlo Ancelotti, demitido do comando do Napoli nesta semana. Para ele, o luso trouxe novidades ao futebol brasileiro que o colocam entre os técnicos mais bem-sucedidos do futebol mundial em 2019. Tanto é que JJ vem sendo sondado por vários clubes do Velho Continente e também da China.

"O Mister é demais. Acredito que ele se encontra entre o Guardiola e Ancelotti. O Pep é muito ofensivo enquanto o Carlo é de uma escola mais antiga. Jorge Jesus está entre eles. Eu o conheço desde a época de Benfica. Fomos enfrentar eles e o Guardilho nos alertou sobre a equipe treinada por Jesus. Tomara que possa ficar e assim possamos continuar conquistando títulos", concluiu Rafinha. 

Temas:

  • Rafinha
  • Jorge Jesus
  • Guardiola

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.