arrow_drop_down
search
Adiamento de Olimpíadas adia sonho de Honda em disputar os Jogos

Futebol Botafogo

Adiamento de Olimpíadas deixa Honda em "maus lençóis" no Botafogo; empresário se manifesta sobre reação do meia

Meia asiático tem como um dos objetivos ser um dos atletas acima de 23 anos a defender o Japão nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Bolavip

Adiamento de Olimpíadas adia sonho de Honda em disputar os Jogos

Adiamento de Olimpíadas adia sonho de Honda em disputar os Jogos

O Botafogo, assim como os demais clubes da elite do futebol brasileiro, paralisou suas atividades por conta da pandemia de coronavírus. O surto da doença vem afentando não só o esporte no Brasil, mas no mundo inteiro. Os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados de 2020 para 2021.

Essa mudança de data interessa ao meia Honda. No momento da assinatura do contrato com o Botafogo, um dos objetivos do atleta era entrar em forma durante a temporada no Glorioso para ficar a disposição do seu país para disputar o torneio de futebol que ocorrerá em Tóquio.

O empresário do atleta, Marcos Leite, falou sobre o assunto em entrevista ao site Lance. "Honda está super tranquilo com isso. O foco de todos agora é a saúde. Ele está muito contente no Botafogo", desviando do assunto. Ricardo Rotenberg, vice-presidente de marketing, foi na mesma linha. "Honda está agora muito focado na quarentena e no Botafogo", relatou.

Em seu contrato com o Glorioso, uma cláusula permitia que o vínculo fosse rescindindo caso houvesse interesse de uma das partes após as Olimpíadas. "É apenas uma opção (a cláusula). Estou pensando em jogar no Botafogo. Se escolhi vir aqui é porque quero ficar no Botafogo pelo maior tempo possível", relatou o jogador em sua apresentação.

Honda e todo o elenco do Botafogo encontram-se em quarentena em suas casas para evitar o risco de contágio de covid-19.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.