A CBF declarou oficialmente aberta a busca por um novo treinador para a Seleção Brasileira após Tite assinar a rescisão de contrato e deixar o comando da equipe canarinho. A prioridade é por um técnico estrangeiro, atualmente o nomes mais cotado é o do espanhol Luis Enrique, que comandava a Espanha na Copa do Mundo no Catar, mas eliminado de forma precoce na competição. O fracasso do treinador no Mundial é dos motivos que fazem o nome dele ser questionado.

 

Durante o quadro Placa da Discórdia, do programa Arena SBT, o apresentador Benjamin Back afirmou que o técnico ideal para assumir o comando da Seleção Brasileira, é o português Jorge Jesus. O apresentador recordou o trabalho do Mister no Flamengo em 2019, quando cativou a torcida e conquistou diversos títulos. Atualmente JJ comanda o Fenerbahçe.

“O treinador da seleção brasileira tem que ser o Jorge Jesus. É o cara que joga o futebol que o brasileiro gosta, um futebol para frente, fez um 2019 no Flamengo absurdo, gosta do Brasil, se ligar ele não pensa duas vezes, jogador gosta dele... Não tem o que pensar. Luis Enrique? Não entendi o porquê”, disse Benja.

Vale recordar que em uma entrevista concedida ao Bem Amigos, da Rede Globo, no ano passado, o treinador afirmou que seria um orgulho ser o comandante da Seleção Brasileira. “Não há nenhum treinador no mundo que possa recusar um convite para treinar a seleção do Brasil. Muito menos eu, seria um orgulho muito grande. Como um marco histórico da minha carreira, treinar e ter a possibilidade de trabalhar com os melhores jogadores do mundo. E os jogadores brasileiros, volto a dizer, são os melhores do mundo não só em quantidade, mas também em qualidade.”, afirmou.