Na noite desta quarta-feira (24), São Paulo e Athletico empataram em 0 a 0 no Morumbi, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado mantém ambos na briga contra o rebaixamento, a cinco pontos do Bahia, primeiro time no Z4. Por ter um número maior de vitórias, 12 a 9, o Furacão leva a melhor nos critérios de desempate.

O primeiro tempo foi de domínio total do São Paulo. Aos 6 minutos, Rigoni recebeu um passe em elevação de Calleri e, entre os zagueiros, finalizou para uma defesa de Santos. O argentino levou perigo mesmo aos 10 e aos 11 minutos, em dois chutes de fora da área. No segundo, o goleiro do Athletico praticou uma boa defesa.

Uma entrada dura de Reinaldo em Renato Kayzer, que resultou em um cartão amarelo para o camisa 6, esfriaria mais o jogo. O São Paulo levou perigo somente aos 27 minutos, em cruzamento de Reinaldo pela esquerda. Gabriel Sara desviou levemente e, na segunda trave, Arboleda não conseguiu completar para o gol.

No segundo tempo, o Tricolor manteve o domínio no campo de ataque e teve uma chance logo aos dois minutos. Rigoni arrancou pela direita, limpou a marcação e chutou. A bola parou na marcação de Marcinho. A primeira chegada mais conclusiva do Athletico aconteceu aos 10, em chute por cima de Christian.

Aos 15 minutos, Zé Ivaldo tentou um recuo para Santos e quase deu a bola de graça para Pablo. Santos chutou em cima do camisa 9, e o Furacão ficou com o tiro de meta. Depois, a partida ficou bem amarrada. O São Paulo voltou a criar uma chance aos 37: Orejuela cruzou, e Pablo cabeceou para fora.