Nos pênaltis, o São Paulo garantiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil depois de vencer o primeiro jogo por 1 a 0 e perder o segundo por 2 a 1. Em entrevista à TNT Sports, Muricy Ramalho, coordenador técnico do São Paulo, revelou o tamanho do feito do Tricolor contra o grande rival, e aproveitou para elogiar o trabalho feito no Palmeiras. 
 

"O Palmeiras é um dos melhores Clubes do país, o treinador (Abel Ferreira) trabalha muito bem, eles se estruturaram para isso, né? Hoje tem uma estrutura muito forte e economicamente está bem. É difícil de enfrentar o Palmeiras, eles têm um plantel muito forte", disse Muricy Ramalho. Ele também relembrou a final do Paulistão, que deu o título ao Alviverde. 

"A gente enfrentou o Palmeiras (na final do Paulistão) com 50% da molecada, não tinham tanta experiência para aguentar um jogo assim. A vida é assim, você aprende com as derrotas. Eu disse que dessa vez eu achava que a gente teria chance, porque a molecada aprende. Claro que é difícil jogar lá, é um campo muito rápido, mas todos dentro do São Paulo tinham essa esperança de que dessa vez seria diferente. Nosso time estava mais compacto, bem treinado e com jogadores conscientes, tanto que tomaram dois gols e mantiveram o ritmo", completou. 

Muricy também falou sobre a renovação de Rogério Ceni, que segue no comando do Clube até 2023. Para o coordenador técnico da equipe, a manutenção de Ceni no Tricolor vai muito além da sua idolatria como jogador e é também pela sua competência. Antes da partida contra o Atlético Mineiro, Ceni assinou a oferta de extensão do vínculo por mais um ano. 

"E também tem a confiança que demonstramos ao Rogério Ceni que é fundamental, de chamar ele bem antes do jogo do Atlético-MG e de não depender de resultado pra continuar o trabalho. Claro que o resultado é importante, mas temos que ver o trabalho, o que mais chamou a atenção foi isso. Ele não está lá só porque é ídolo do São Paulo e foi o maior jogador da história do Clube, ele está lá porque entende muito de futebol e é um grande treinador".