Após a derrota para o Palmeiras na última segunda-feira (20), o técnico Rogério Ceni deu a entender na coletiva de pós-jogo que se dependesse de sua vontades, o São Paulo entraria em campo para a primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil com uma equipe alternativa. 

O técnico entende que o Brasileirão é prioridade e a equipe vem de um sério desgaste com o acúmulo de partidas. O Bolavip Brasil apurou que a diretoria não iria intervir na escolha e os jogadores afirmaram que querem atuar no clássico. Ídolo do Clube, o ex-meia Silas, comentou sobre a situação em entrevista para ESPN. 

“Colocaria o melhor time que tivesse hoje. Até porque a torcida está dando uma resposta que outra não daria. Outra torcida iria no CT arrumar confusão. A torcida está abraçando o time. E o Rogério, o time, tem que abraçar a torcida também”, afirmou Silas.


"Eu não sei no físico quem vai trabalhar na quinta-feira... É uma escolha, a direção tem que escolher. Quer arriscar tudo na quinta-feira contra o Palmeiras? Arriscamos tudo, pode perder jogador por lesão. E vai estar cansado contra o Juventude no domingo (26)... Não depende só de mim, pode ter certeza”, completou.