A ciclista brasileira Jaqueline Mourão, do Mountain Bike, encerrou sua partipação nas Olimpíadas de Tóquio nesta terça-feira (27), após ficar com 35ª colocação na prova de cross-country olímpico. O pódio foi tomado pelas suecas Jolanda Neff, vencedora da prova, Sina Frei, que ficou com a prata, e Linda Indergand, que conseguiu o bronze.

 

 

 

 

 

"Foi a prova mais desafiadora da minha carreira, circuito num outro nível, muito técnico, exigência de atenção o tempo todo. Me preparei muito para essa prova. Estou com o ombro lesionado, então, foi um grande desafio. Estou feliz com a minha parte técnica. Senti a respiração e não consegui entrar no ritmo da prova. Mas minha 7ª participação olímpica, fazendo história, está fechando um ciclo muito bonito de 30 anos no mountain bike”, pontuou a atleta mineira nas redes sociais.

 

 

 

 

Aos 45 anos, ela encerra sua participação integrando o seleto grupo de brasileiros recordistas em participações nas edições dos Jogos Olímpicos. Jaqueline já participou de sete eventos, ao total, sendo quatro Olimpíadas de Inverno — Turim, em 2006; Vancouver, em 2010; Sóchi, em 2014; e Pyeongchang, em 2018 —  e três de Verão — Atenas, em 2004; Pequim 2008; e Tóquio 2020/2021.

 

 

 

Com 30 anos no mountain bike, ela já conquistou o bronze nos Jogos Pan-americanos de Lima, em 2019;  o ouro nos Jogos Sul-americanos do Brasil, em 2002; e a prata nos Jogos Sul-americanos de Buenos Aires, em 2006.

 

 

 

A equipe do Bolavip Brasil está com uma equipe concentrada na cobertura das Olimpíadas, e para saber mais sobre o evento esportivo, clique aqui.