Três jogadores conceituados na Gávea estão disponíveis no mercado da bola. Suas passagens no Mengão foram marcadas por títulos e empatia com a Nação: O meia Everton Cardoso, o zagueiro David Braz e o colombiano Orlando Berrío.

Everton Cardoso e David Braz integraram a campanha que se sagrou campeã do Brasileirão de  2009, na época, o Hexacampeonato nacional do Rubro-Negro. O meia, no momento tem a sua situação analisada pelo Grêmio, clube em que atuou na temporada 2020. A permanência do jogador na equipe comandada por Renato Gaúcho não deve acontecer. Segundo o portal do gremista, o jogador não se firmou e a diretoria do clube estuda o custo benefício do jogador que tem salário de R$ 500 mil por mês.

Na mesma situação no time gaúcho está David Braz. Sem espaço na equipe, nas oportunidades que teve oscilou e especulações sobre sua saída já começam a pautar os noticiários. O Fluminense sinalizou interesse no jogador. David ficou no Mengão de 2009 a 2012, fez 99 jogos com o Manto Sagrado do Mais Querido, foi autor de um dos gols que garantiu o Hexa do Brasileirão em 2009 justamente contra o Grêmio.

Já o atacante Orlando Bérrio, esteve presente no plantel Rubro-Negro de 2019, quando o Mengão conquistou praticamente quase tudo que disputou. O colombiano chegou na Gávea em 2017, atuou em 81 partidas pelo Fla e foi autor de 7 gols. Conquistou  três Cariocas, um Brasileiro, uma Supercopa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana e uma Libertadores. Se transferiu para o Khor Fakkan FC, dos Emirados Árabes Unidos, em julho de 2020. Entretanto, atualmente está sem clube, pois rescindiu contrato com os árabes sem sequer atuar.