arrow_drop_down
search
Flamengo v River Plate - Copa CONMEBOL Libertadores 2019

Futebol Flamengo

Prestigiado pelo técnico, Gabigol rasga elogios a Jorge Jesus e afirma: "Ele mudou a minha vida"

O Flamengo vive clima de lua de mel e Gabigol comprovou isso ao falar sobre seu relacionamento com Jorge Jesus

Bolavip

Flamengo v River Plate - Copa CONMEBOL Libertadores 2019

Flamengo v River Plate - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 (Foto: 2019 Getty Images, Getty Images South America)

Após os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América, o Flamengo vive clima de lua de mel. Tudo dá certo no Mengão e as coisas parecem se encaixar como passos de dança.

É fato que um dos responsáveis por isso é o técnico Jorge Jesus, que trouxe um filosofia de jogo diferente, principalmente no que diz respeito ao setor ofensivo. A prova disso é o ataque Rubro-Negro, artilheiro de ambas as competições conquistadas pelo Mais Querido.

O "matador" Gabigol e, por ora, goleador máximo dos dois campeonatos (Bruno Henrique pode ultrapassá-lo no Brasileirão), deu entrevista para o jornal A BOLA e rasgou elogios ao Mister que, segundo o artilheiro, mudou sua vida.

"O Mister é um dos grandes técnicos com quem já trabalhei. Trabalhei com grandes nomes que ajudaram muito na formação da minha carreira, como atleta, como pessoa... e acredito que o Mister me tenha reinventado. Sou outro jogador agora, na parte técnica, física e também tática. O Mister deu-me uma visão diferente de tudo. Sou muito grato a ele, mudou a minha vida realmente." - disse. 

Quando técnico do Sporting, de Portugal, Jorge Jesus pediu a contratação de Gabigol, que estava deixando a Inter de Milão. Porém, o atacante fechou com o rival do Sporting, o Benfica. As coisas não deram muito certo nas Águias (como é conhecido o time do Benfica), mas Gabigol não se arrepende da escolha feita.

"Fico feliz por ele acompanhar o meu trabalho há algum tempo já. Mas não me arrependo das escolhas que fiz, pois fiz consciente, juntamente com a minha família. Como disse anteriormente, algumas coisas não saíram como eu queria nos últimos anos, mas nunca desisti, nunca baixei a cabeça, porque sabia que iria dar a volta por cima." - completou o artilheiro.

O camisa 9 Rubro-Negro soma 22 gols gols no Brasileirão e ainda terá três partidas para aumentar esses números. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.