Os bastidores do mercado da bola estão agitados na Gávea nesta metade de 2021, com uma série de jogadores do Flamengo sendo envolvidos em especulações. Nos últimos dias, foi a vez do uruguaio De Arrascaeta aparecer em evidência, na mira do Milan. De acordo com informação de Carmelo Barillà, do portal ‘Pianeta Milan’, os italianos têm a intenção de contratar o meio-campista. 

Conforme Barillà, o Milan estaria disposto a pagar 18 milhões de euros (cerca de R$ 111,26 milhões na conversão atual) para fechar negócio. Já neste sábado (31), o jornalista Jorge Nicola trouxe atualizações sobre o assunto e revelou ter conversado com uma fonte no Flamengo, que assegurou não existir consultas ou proposta do clube italiano pelo meia.

Apesar de negar a informação, a mesma pessoa ligada ao Rubro-Negro garantiu que, se chegar oferta na casa dos 18 milhões de euros, a diretoria nem ao menos dará prosseguimento às conversas. "Se for por telefone, vai bater o telefone na cara do interlocutor", afirmou Jorge Nicola em seu canal no Youtube.

O Flamengo gastou mais do que € 18 milhões para fechar com Arrascaeta. No total, foram € 19,250 milhões até o momento na operação pelo uruguaio. O Mengão, inicialmente, pagou € 18 milhões pela contratação, além de mais € 1,250 milhão após o meia completar 4.000 minutos em campo, o que aconteceu em 2019. 

Ao todo, o 'pacote' do Flamengo para contar com Arrascaeta ficou próximo dos R$ 100 milhões. Para o clube aceitar negociar o uruguaio, a proposta terá que ser "muito superior aos € 20 milhões", completou Nicola. Além do meia, outros jogadores especulados na Europa foram Rodrigo Muniz, alvo de uma série de clubes, e Gabigol, que surgiu na mira do Everton, da Inglaterra.