O Internacional ainda aguarda a definição da situação da equipe no Campeonato Brasileiro para tocar o planejamento da próxima temporada. Com mais duas rodadas pela frente, o Colorado aparece na 10ª posição e ainda sonha com uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América. A classificação ou não para o principal torneio do continente irá balizar os investimentos do clube

Já de olho em 2022, o Internacional deve passar por mudanças, que podem começar desde a comissão técnica. O uruguaio Diego Aguirre ainda não definiu seu futuro e muitas especulações tomam conta dos bastidores. Com relação ao grupo de jogadores, um meio-campista está encaminhando sua saída do clube.

 

Apesar de ter contrato até o final do ano que vem, Gabriel Boschilia não deve permanecer no Beira-Rio. Em contato com a reportagem do portal "Revista Colorada", o empresário do meia, Carlos Neto indicou que o jogador deve se despedir em dezembro. Recentemente, o atleta foi envolvido em um episódio polêmico, sendo criticado pelo ex-preparador físico Paulo Paixão.

 

 

"Deve sair, sim. Tem ofertas de seis times e vamos sentar com o Inter para definir a situação, mas deve deixar o clube, sim", informou o agente. Um dos clubes interessados em contar com o futebol de Boschilia em 2022 é o Athletico-PR, conforme relatou o empresário ao jornalista Tiago Marchezini, do Canal 3 pontos.

No começo de 2020, quando o meia negociou sua volta ao país para atuar no Beira-Rio, o Furacão já havia demonstrado interesse na contratação. Pelo Inter, Boschilia soma 48 jogos, com 5 gols e 2 assistências. O meia teve sequência interrompida por conta de uma grave lesão no joelho, que obrigou a realização de cirurgia em 2020.