Depois de algumas polêmicas, Neymar iniciou a temporada pelo Paris Saint-Germain da melhor forma possível, voando dentro de campo e sendo protagonista, espantando a má fase vivida recentemente. Nos 3 primeiros jogos de 2022/23, o astro já marcou 5 gols, deu 3 assistências e vem comandando o time, especialmente ao lado de Messi.

 

 

Mesmo com todo esse lado positivo, a situação complicada e indefinida ao lado de Mbappé vinha deixando alguns dirigentes com os cabelos em pé, tanto que uma reunião interna foi marcada entre os 2 envolvidos, juntamente com o técnico Christophe Galtier, que iria expor algumas situações e tentar apaziguar o clima pesado.

 

 

De acordo com informações do jornal “Le Parisien”, o encontro foi pacífico e terminou com um "puxão de orelha" em ambos. Presente no encontro, o diretor esportivo Luis Campos teria enfatizado que o comportamento dos dois dentro e fora das quatro linhas pode prejudicar as atuações dos franceses, além de que a “roupa suja” deve ser “lavada” nos vestiários e não no gramado.

 

 

Por fim, a fonte acima citada ainda menciona que os craques teriam feito as pazes e reconheceram os erros. O camisa 10, por sua vez, admitiu o erro ao curtir a publicação que criticava o francês como batedor oficial. Por fim, o dirigente presente chegou a dizer em português para o astro brasileiro, por meio de mensagem de texto, a seguinte frase: "Você é um grande jogador e é isso que me interessa".