Infelizmente, um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro vive uma profunda crise financeira que só tende a se agravar com a pandemia do Coronavírus que paralisou o futebol brasileiro por tempo indeterminado. O Vasco faz jus ao ditado “vender o almoço para comer no jantar”, atualmente, precisando se desfazer de seus melhores jogadores, que ultimamente estão vindo da base para poder pagar contas e manter os salários dos atletas em dia. Todo esse colapso financeiro é fruto das últimas gestões do pleito que deixaram a desejar

 

Depois das vendas de Paulinho e Evander, o Almirante está disposto a fazer negócio pelo atacante Talles Magno desde que a proposta seja boa para o clube. Os dirigentes vascaínos entendem que essa é uma boa hora para fazer caixa já que o Almirante ultimamente tem tido dificuldades para honrar o seus pagamentos em dia, fora que ninguém sabe quando o futebol vai retornar. Na cabeça dos dirigentes, quanto mais verba entrar agora, melhor. 

 

De acordo com o jornalista Wilson Pimentel, do portal Torcedores.com, o Vasco está disposto a ouvir propostas pelo atacante Talles Magno. O Benfica ofereceu 1 milhão de euros (R$ 5,9 milhões na cotação atual) para adquirir a opção de compra da revelação vascaína. A princípio, o clube português teria a prioridade até o final deste ano. A diretoria está avaliando a oferta e uma nova conversa deve acontecer nos próximos dias.

 

O xodó da torcida vem sendo alvo dos clubes europeus desde o final da  temporada passada. Além do time português, Liverpool, Lazio, Roma e Juventus manifestaram interesse no atacante que tem contrato com o tetracampeão brasileiro até dezembro de 2022. 

 


Efetivado ano passado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o atacante se machucou o metatarso no final de fevereiro e ainda está se recuperando de lesão. O jovem de 16 anos é a maior revelação da história do Vasco nos últimos anos. Talles deve voltar a campo no final de junho caso o futebol até lá já tenha sido retornado.