Após um primeiro semestre com o pé no acelerador, o Palmeiras voltou com tudo ao mercado no último mês. Além de repatriar os atacantes Dudu e Deyverson, o Maior Campeão do Brasil trouxe o lateral-esquerdo Jorge e está muito próximo de anunciar Joaquín Piquerez, do Peñarol. O uruguaio deverá ser anunciado como reforço alviverde no máximo até o final de semana. 

 

Se Anderson Barros está com tudo no mercado para trazer jogadores a Abel Ferreira para a reta final da temporada, o dirigente também busca vender atletas para não prejudicar as finanças do clube, já comprometidas por conta da pandemia do Coronavírus. Além de Matías Viña, que jogará na Roma, da Itália, e Lucas Esteves que está a caminho dos Estados Unidos, um atacante velho conhecido da torcida também pode deixar a Academia de Futebol: Miguel Borja.

 

O atacante desperta interesse do Fenerbahçe, da Turquia. Em busca de um camisa 9, o nome do centroavante foi levado à mesa da diretoria turca, que gostou do que viu do colombiano e pode sim nos próximos dias fazer uma proposta pelo atleta. A informação é da equipe de reportagem do Nosso Palestra. No momento existem conversas para saber valores, prazo e o interesse do profissional em voltar ao Velho Continente. 

 

Além dos turcos, Borja já foi notificado informalmente, por meio de seu estafe, do interesse de clubes da Itália, da Espanha e da Argentina, no caso, o Boca Juniors, da Argentina. À princípio, o artilheiro ao lado de seus staffs vem com bons olhos a permanência no Palmeiras. A ideia é dar a volta por cima no clube que desembolsou mais de R$ 30 milhões para contrata-lo em 2017. 

Borja se reapresentou na Academia de Futebol nesta segunda-feira (26) e já começou o seu trabalho com o restante do grupo. O centroavante será inscrito na Copa Libertadores e no Brasileirão assim que a janela de transferências do futebol brasileiro for reaberta no dia primeiro de agosto.