arrow_drop_down
search
Foto: Mourão Panda / América / Divulgação

Futebol: Mais notícias

Futebol Fortaleza

Após rejeitar proposta do Fortaleza, América-MG admite vender meia: "Se aparecer proposta boa, vamos fazer negócio"

Coelho não descarta negociar o jovem armador ainda em 2020 visando equilibras as finanças em meio à pandemia do novo Coronavírus. Rogério Ceni segue de olho na situação para o Tricolor de Aço

Bolavip

Foto: Mourão Panda / América / Divulgação

Foto: Mourão Panda / América / Divulgação

A diretoria do Fortaleza se movimentou no início da temporada para tentar viabilizar a chegada de reforços para o grupo do técnico Rogério Ceni. Agora, em meio à pandemia do novo Coronavírus, o objetivo do presidente Marcelo Paz é deixar o clube saudável financeiramente, mas o Leão do Pici viu um alvo antigo voltar à pauta neste final de semana.

Presidente do América-MG, Marcus Salum, em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, confirmou ter recebido uma proposta do Fortaleza pelo jovem Matheusinho. Além do Leão, o rival Ceará também realizou uma investida para tentar fechar a contratação do meio-campista. Evitando colocar um preço, o mandatário abriu o jogo sobre as ofertas dos cearenses.

Foto: Mourão Panda / América / Divulgação

Preço eu nunca ponho. Eu falo que quem quer comprar que oferece e a partir daí a gente começa uma negociação. Nós demos dois azares com Matheusinho. Em 2017, ele era peça fundamental do time, mas se lesionou em um jogo contra o Paraná Clube. Ele voltou muito bem em 2018 e foi um dos nossos melhores jogadores. No início deste ano, o Ceará e o Fortaleza me fizeram oferta para comprar cerca de 50% dele. Era um valor significativo para o mercado brasileiro e para clubes que não têm tanto orçamento, afirmou.

 

 

Admitindo a chance de negociar o meia de 22 anos neste meio do ano, o presidente aguarda uma oferta convicente. “Eu conversei com Matheusinho, assim como o diretor de futebol Paulo Bracks, e falei: ‘Matheus, esse ano é seu. Nós vamos querer investir em você para nós te darmos a oportunidade de sair’. Então, eu acho que está na hora da gente fazer algum negócio antes com ele. Gostaria muito que esse ano ele brilhasse. Se aparecer uma boa proposta esse ano, nós vamos fazer negócio, avaliou.

 

Depois de receber sondagens de equipes da Alemanha, Estados Unidos, Bélgica e Japão no ano passado, o Vasco demonstrou interesse no jogador em 2020. Apesar do alvo apontado para o exterior, Marcus Salum não descarta a venda para outro rival brasileiro. “Eu sonho por um futuro bom para o Matheus e eu gostaria que ele saísse do país, mas nada impede que a gente faça negócio com ele no Brasil também, completou.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.