Mais um bracelete para o Brasil

Pela primeira vez na história a WSOP organizou uma etapa da série em Bahamas. O paraíso da América Central é o palco onde será entregue 15 braceletes de campeão mundial de poker, mas o primeiro deles já tem dono e pertence a um brasileiro.

Allan Mello levou o bracelete de campeão mundial no poker
© Tomas Stacha/WSOPAllan Mello levou o bracelete de campeão mundial no poker

Allan Mello, popular nas disputas online com o nick “allansheik”, agora pode bater no peito e dizer que possui um bracelete da WSOP. Essa é a 30º joia conquistada pelo esquadrão verde e amarelo, a 9º somente em 2023.

O título da vez veio acompanhado de uma forra gigantesca. Por vencer o Evento #2 (US$ 1.500 Millionaire Maker), ele faturou um prêmio de US$ 1 milhão. A disputa teve 3.496 entradas, conforme publicou o portal “SuperPoker”.

“Não acredito que ganhei isso”, disse ele após sacramentar a conquista. “Eu sonhei com isso, finalmente consegui meu primeiro bracelete”, concluiu o jogador que agora entra para a lista dos 25 brasileiros mais premiados no jogo presencial.

A trajetória para o bracelete

Através de um formato inovador, vários torneios da WSOP Paradise possuem o dia classificatório disputado de forma online. Allan foi um dos que garantiu o acesso à fase decisiva dessa forma, mas uma jogada foi crucial para o título.

Em confronto contra o alemão Leon Sturn, ele acertou uma quadra de 10 e quebrou o par de ases do adversário. O duelo fez o brasileiro alavancar as fichas e seguir com um grande “stack” na decisão, recebendo destaque no noticiário do portal “SuperPoker”.

O mano a mano decisivo foi contra o ucraniano Nazar Buhaiaov. O duelo foi longo e cheio de alternâncias, mas Allan conseguiu imprimir um bom ritmo e caçou um blefe do adversário na jogada final, sobrando para o europeu uma premiação de US$ 593.500.

Confira a premiação da Mesa final:

1º – Allan Mello (Brasil) – US$ 1.000.000
2º – Nazar Buhaiov (Ucrânia) – US$ 593.500
3º – Morten Norland (Noruega) – US$ 263.500
4º – Maksim Vaskresenski (Polônia) – US$ 158.500
5º – Maxime Parys (França) – US$ 128.000
6º – Clemen Deng (Estados Unidos) – US$ 103.500
7º – Kasparas Klezys (Lituânia) – US$ 81.100
8º – Arnaud Enselme (França) – US$ 65.000
9º – Roland Israelashvilli (Estados Unidos) – US$ 50.000

A comemoração nas redes sociais: