Se tem um jogador que está vivendo uma fase espetacular nos chamados High Roller é o australiano Michael Addamo. O craque dos jogos caros atacou novamente e venceu o Evento #87 (US$ 100.000 ) da WSOP presencial, realizada pela última vez no Cassino Rio, em Las Vegas. A conquista valeu o quarto bracelete da carreira dele e uma forra incrível.

Este título rendeu para Addamo uma premiação de US$ 1.958.569. Ele passou por um field extremamente qualificado de 64 jogadores para subir ao lugar mais alto do pódio após derrotar no heads-up o americano Kevin Rabichow. Ainda nesta WSOP o australiano já tinha conquistado um High Roller, no Evento #38, com buy in de US$ 50.000. Naquela oportunidade ele recebeu US$ 1.132.968.

E este sucesso todo não aconteceu só na copa de mundo de poker não. Em 2021 foram cinco cravadas em torneios com buy-in de no mínimo US$ 50.000. Além disso, somam-se aos resultados da fera duas medalhas de prata e duas de bronze. Os ganhos dele neste ano são de aproximadamente US$ 9,5 milhões e na carreira dele toda os valores chegam a US$ 17,7 milhões.

Após um grande ano o tetracampeão mundial está pronto para uma folga. “Jogo sem parar há três meses e meio consecutivos, por isso estou pronto para uma pausa. O calendário ainda não foi anunciado, mas estarei jogando muitos torneios no próximo ano e mais na WSOP novamente”, disse Addamo para a reportagem do PokerNews.

Pelo segundo lugar, Kevin Rabichow levou uma premiação de US$ 1.210.487. Quando o heads-up começou o australiano estava com praticamente todas as fichas do torneio, por isso não demorou muito para fechar a contagem quando acertou um par de dois no flop e viu o adversário com A6.