Aos 27 anos o australiano Michael Addamo já possui mais de US$ 15 milhões em ganhos no poker live. A última forra desse fenômeno do esporte da mente foi no Evento #38 US$ 50.000 High Roller da WSOP presencial, disputada no Cassino Rio, em Las Vegas. Para conquistar esse título – o terceiro dele na série – a fera bateu no heads-up o americano Justin Bonomo, o segundo na lista dos maiores vencedores do jogo com mais de US$ 55 milhões em ganhos.

Este High Roller da copa do mundo de poker reuniu um seleto field de 81 jogadores. O título de Michael Addamo rendeu a ele uma forra de US$ 1.132.968. Estes últimos meses tem sido mágico para o australiano. Em setembro ele venceu três torneios da PokerGO Tour, somando US$ 5,2 milhões, além de alcançar a cobiçada jaqueta roxa, prêmio destinado ao campeão do ranking do Poker Masters.

"Obviamente, existe alguma habilidade envolvida, mas ganhar tanto é realmente atribuído a sorte no final, e isso é muito bom. Eu jogo uma estratégia onde coloco apostas muito grandes. Isso não é segredo. Algumas vezes sou eliminado no primeiro nível em outras consigo construir um grande castelo de fichas, disse o humilde campeão para o PokerNews.

A mesa final da competição contou alguns nomes lendários. O italiano Mustapha Kanit sucumbiu na oitava posição e levou US$ 126.141. Erick Seidel, dono de 9 braceletes da série, foi o quarto colocado e garantiu US$ 358.665. O prêmio de Justin Bonomo, medalhista de prata, foi de US$ 700.228. Considerado por vários jogadores o melhor do momento, Addamo manteve a humildade.

"Isso coloca um pouco de pressão sobre mim. Se você meio que internaliza e acredita nisso, você pode se tornar complacente. Eu tento apenas ser humilde e não deixar isso subir para minha cabeça, continuar trabalhando e estudando", finalizou o campeão que ainda promete muitas forras na WSOP que só está na metade.