O que a conhecida categoria do automobilismo brasileiro Stock Car e o poker tem em comum? Além da adrenalina submetida aos competidores a principal semelhança é que existe uma fera que desponta nesses dois esportes. Thiago Camilo, bicampeão da corrida do milhão nas pistas é também um veterano no esporte da mente, jogando entre os profissionais há dez anos.

No The Hendon Mob, site que marca as premiações dos torneios ao vivo oficiais do mundo inteiro, Thiago Camilo aparece com US$ 278.349 de recompensas conquistadas em eventos no Brasil e Estados Unidos. O primeiro ITM dele no site é de julho de 2011, um título no BSOP que lhe rendeu R$ 14.000. A principal forra também aconteceu no campeonato brasileiro, em dezembro de 2013, o terceiro lugar no High Roller para R$ 122.500.

O currículo de Camilo no poker ainda aponta algumas premiações internacionais no Cassino Aria, em Las Vegas e outras no Luck Hearts Poker Open, de Hollywod, sendo a mais recente um 14º lugar no WPT No-Limit Championship com entrada US$ 3.500 o que rendeu US$ 30.091 ao piloto. Nas pistas ele possui uma série de bons resultados, sendo o piloto que nunca venceu um campeonato com mais vitórias, 18 no total.

Para ele, o poker e o automobilismo são esportes bem parecidos. “Os adversários, a leitura da mesa, da estratégia, então com certeza, o esportista em si, não só eu, o espirito de competição ajuda bastante no poker, por se tratar de um esporte com grandes variedades ao longo de um torneio, uma competição”, disse Thiago em entrevista para o Blog Montanha de Cartas quando estava disputando o High Roller do H2Club ao lado de Neymar em 2018.

Naquela oportunidade Camilo falou também sobre o crescimento do poker com a presença de Neymar nos torneios. “A presença de nomes como o Neymar, com representatividade mundial mostra que é um esporte que está crescendo cada vez e o pessoal tem se interessado ai”, finalizou o piloto que já foi até comentarista de poker durante transmissão da WSOP na ESPN Brasil.