A Seleção Brasileira venceu os Estados Unidos na madrugada desta sexta-feira (30), em mais uma rodada da fase de grupos do vôlei masculino nas Olimpíadas de Tóquio-2020. Após perderem o primeiro set por 30/32, o time de Renan Dal Zotto foi atrás da virada e venceu por 3x1, com parciais de 25/23; 25/21 e 25/20.

Mesmo assim, foi após o final do primeiro set que a seleção recebeu críticas durante da transmissão e também via redes sociais. O principal alvo foi o líbero Thales. O jogador falhou na defesa e se envolveu em um lance inusitado com o capitão Bruninho.

A princípio, Bruninho deu um passe 'roubando' uma bola que parecia controlada por Thales. O lance acabou aumentado mais as críticas que o líbero vinha recebendo. Fato é que a situação o alçou a assunto mais comentado do Twitter na madrugada desta sexta-feira.

A partir do fim do primeiro set, a seleção brasileira começou a forçar mais o saque, dificultando muito o passe da seleção estadunidense e, assim, tendo mais volume de jogo. Com a vitória, o Brasil ficou mais tranquilo no Grupo D e pode até se classificar antecipadamente para a próxima fase, caso a França perca para os russos. O resultado foi importantíssimo após um doloroso 3x0 para a Rússia.