arrow_drop_down
search
Timo Werner deve levar os seus gols para o Chelsea na próxima temporada

Notícias: Mais notícias

Notícias Futebol Europeu

Timo Werner é um dos melhores atacantes da Europa e vai elevar o patamar do Chelsea

Jornal alemão "Bild" informa que o Chelsea vai pagar 60 milhões de euros e assinará com Timo Werner nos próximos dias. A chegada de um dos melhores atacantes da Europa coloca os Blues em outro nível e deixa claro que o clube pensa grande para as próximas temporadas

Bolavip

Timo Werner deve levar os seus gols para o Chelsea na próxima temporada

Timo Werner deve levar os seus gols para o Chelsea na próxima temporada

O Chelsea está muito próximo da contratação do ótimo atacante Timo Werner, destaque do RB Leipzig e titular da seleção alemã. O jornal “BILD” informou que o clube londrino fez uma proposta de 60 milhões de euros (R$ 330 milhões) pelo jogador e um vínculo até 2025 deve ser assinado nos próximos dias. Há meses, o Liverpool era colocado como o provável destino do alemão na temporada 20/21, mas os Blues formalizaram o interesse e devem anunciar um dos jogadores mais badalados do futebol europeu. É um movimento de mercado impactante e bom para todas as partes envolvidas.

A mudança de rota foi benéfica para o crescimento de Werner no curto prazo. O fantástico trio do Liverpool formado por Sadio Mané, Mohamed Salah e Roberto Firmino seria um problema para o encaixe imediato do artilheiro alemão no modelo de Klopp. Difícil se desfazer de um dos três jogadores que formam o ataque avassalador do melhor time do planeta. Óbvio que ele poderia ser encaixado na equipe com uma mudança tática, mas acredito que um esquema com os quatro juntos não seria o ideal nos maiores jogos do calendário europeu. A equipe ia perder o equilíbrio que foi o segredo do sucesso recente. Ele poderia ser uma peça importante no elenco dos Reds, mas no Chelsea, chega com status de protagonista e com espaço para explodir na melhor liga nacional do mundo.

É importante lembrar que os Blues ficaram duas janelas sem contratar por conta de uma punição imposta pela FIFA e Roman Abramovich, bilionário russo e dono do clube, agora promete fortalecer o projeto com um retorno mais agressivo ao mercado. O período de bloqueio nas janelas de transferências serviu para o técnico Lampard se consolidar, formar uma ideia de jogo agradável e, principalmente, desenvolver jovens jogadores. Reece James, Fikayo Tomori, Mason Mount e Tammy Abraham foram alguns dos atletas lapidados dentro do processo e que mostraram que são peças importantes na reformulação.

Essas jovens promessas são potencializadas quando recebem companheiros como Ziyech, grande destaque do Ajax, contratado por 40 milhões de euros, e agora com iminente chegada de Timo Werner. O primeiro era líder de assistências da Europa até a parada por conta da Pandemia e o segundo está brigando pela Chuteira de Ouro da temporada. “Turbo Timo” já balançou as redes em 25 oportunidades no Campeonato Alemão e só está atrás de Ciro Immobile, da Lazio, e Robert Lewandoswki, do Bayern de Munique.

Mas como o atacante alemão pode ajudar o Chelsea? Ele é capaz de elevar o patamar do clube e vem mostrando todo o seu potencial na Bundesliga. Na atual temporada, já marcou 31 gols e deu 12 assistências nas 40 partidas que entrou em campo com a camisa do Leipzig. É o vice-artilheiro da liga nacional e foi figura importante para a classificação inédita para as quartas de final da Champions. Olho para o desempenho do atleta com atenção e fica muito claro que o mesmo evoluiu muito nas mãos do arrojado Julian Nagelsmann e se tornou ainda mais completo e versátil. Capaz de jogar aberto pela esquerda e com liberdade e quase sempre formando uma dupla de ataque com o dinamarquês Poulsen.

Timo Werner deve assinar com o Chelsea e o vínculo irá até 2025  (Foto: Getty Images)

Werner é o típico atacante que produz o espaço para a finalização e Nagelsmann foi cirúrgico quando detectou que jogar na última linha era uma limitação para o talento do goleador. Ele é um cara que se movimenta muito, que progride bem com bola e que cria para os companheiros. Com espaço e liberdade atropela como um tanque. É veloz, tem força física, intensidade e se tornou um jogador letal na definição. Ou seja? Possui todas as características para se adaptar ao estilo da Premier League e para triunfar. Representa o atacante moderno que exerce diferentes funções e todas com muita qualidade.

E como ficaria a situação de Tammy Abraham com a chegada de Timo? Acredito que Abraham pode ser utilizado com o alemão em uma dupla de ataque, algo semelhante ao que estamos vendo no Leipzig com Poulsen. O inglês consegue fazer muito bem o papel do pivô, tem recursos e pode ser o companheiro perfeito de um atacante que vem muito bem de trás. Isso representaria uma mudança do modelo de Lampard, mas ele também pode jogar mais aberto pela esquerda ou até mesmo ser o homem mais avançado com liberdade para girar pelo sistema ofensivo. A última opção seria muito condicionada ao rendimento do coletivo e do funcionamento de toda uma engrenagem de equipe.

Certo mesmo é que Timo Werner me parece uma aposta ganha e uma grande solução para um Chelsea que precisa se fortalecer para brigar com Liverpool, Manchester City e outras potências da Europa. Ele chega com espaço para se desenvolver e como uma peça crucial dentro do que Lampard pensa para as próximas temporadas. A provável contratação do alemão é um recado claro de reposicionamento de um clube que possui objetivos grandes e que já se reorganiza para alcançá-los. Casamento que promete muito.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.