O Ceará perdeu uma grande oportunidade de encaminhar sua vaga para a próxima Libertadores da América. Isso porque neste domingo (5), o Vozão, que teve o apoio de quase 52 mil torcedores acabou só empatando com o América Mineiro, na Arena Castelão. Agora, os cearenses terão que vencer o Palmeiras, na próxima quinta-feira (9), na Arena Barueri e torcer contra o Coelho que encara o SPFC, na Arena Independência.

Independente se for ou não para a competição continental, a diretoria do clube cearense já começou a planejar a equipe para 2022. E nessa segunda-feira (6), o presidente Robinson Castro optou por renovar com o lateral Bruno Pacheco até dezembro de 2023.

 

 

O lateral-esquerdo é um dos destaques do Vozão. Desde quando chegou ao clube, o ala já atuou em 110 partidas. Além disso, já conquistou o título da Copa do Nordeste além de ter feito bons jogos no Brasileirão e Copa Sul-Americana.

 

 

Como foi mantido no elenco, Bruno Pacheco disputará  a Copa do Brasil, Brasileirão, Copa do Nordeste pela 3ª vez consecutiva e ainda pode realizar um sonho de disputar sua primeira Libertadores em 2022.