Caminho do Botafogo na fase preliminar

A trajetória do Botafogo na Libertadores de 2024 promete desafios desde o início, refletindo os altos e baixos da equipe na última edição do Brasileirão.

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF – John Textor, proprietário da SAF do Botafogo
Foto: Jorge Rodrigues/AGIF – John Textor, proprietário da SAF do Botafogo

A sorte, ou azar, do Alvinegro foi definida em um sorteio realizado pela Conmebol, e o time de Tiago Nunes enfrentará, na segunda fase, o vencedor do confronto entre Aurora, da Bolívia, ou Melgar, do Peru. O primeiro jogo será fora de casa, com a decisão no Nilton Santos.

Contudo, a sombra da ‘pipocada‘ no Brasileirão de 2023 parece pairar sobre o Botafogo, colocando em risco sua trajetória na Libertadores.

O desempenho irregular na competição nacional, que culminou com a quinta colocação, obriga o time carioca a encarar uma fase preliminar na Libertadores, duas etapas antes dos tão desejados grupos.

O risco de não alcançar a fase de grupos

O adversário, seja Aurora ou Melgar, não será uma presa fácil. Ambos apresentam suas credenciais, e a altitude da Bolívia pode se tornar um desafio adicional para o Alvinegro. O Bragantino também está na mira, e uma eventual disputa na terceira fase poderia colocar dois brasileiros frente a frente.

O risco de não alcançar a fase de grupos é palpável, e a jornada na Libertadores pode se tornar um teste crucial para a recuperação da moral e confiança do Botafogo. O peso da última temporada, marcada por oscilações e frustrações, exige uma resposta à altura na competição continental.

O Botafogo vai conseguir alcançar a fase de grupos da Libertadores 2024?

O Botafogo vai conseguir alcançar a fase de grupos da Libertadores 2024?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

O destino do time carioca na Libertadores de 2024 está em aberto, e a superação de obstáculos será essencial para evitar um revés precoce e consolidar a presença nas fases decisivas do torneio sul-americano.

O que dizem os torcedores