Jogador revela relação com o argentino

O Cruzeiro protagonizou na noite da última segunda-feira uma vitória heróica diante do Goiás. No estádio Hailé Pinheiro, mais conhecido como a Serrinha, o Cabuloso venceu pelo placar de 1 a 0.

William em ação pelo Cruzeiro – Foto: Divulgação/Cruzeiro
William em ação pelo Cruzeiro – Foto: Divulgação/Cruzeiro
Flamengo x Corinthians e Choque-Rei de ‘pegar fogo’, quem leva a melhor?

O gol da partida aconteceu já na reta final e foi marcado por Richard após uma assistência certeira do atacante Bruno Rodrigues. O embate também foi marcado por uma polêmica em relação a arbitragem após um pênalti não marcado a favor do Cruzeiro.

Fora das quatro linhas, a segunda-feira também foi marcada por uma entrevista pelo canal “Duda Gabi”, do lateral-direito Willian, do Cruzeiro. Entre diversos assuntos abordados pelo jogador, o que mais chamou atenção foi a sua relação com um dirigente do clube.

William revelou que durante um treino do Cruzeiro pediu para D’Alessandro lhe dar uma “La Bomba”, drible inventado pelo dirigente enquanto era jogador. O jogador ainda conta que foi fintado e acabou levando uma caneta.

La boba

Tem uma resenha contra mim. Sou muito amigo do D’Alessandro. E ele vai no campo sempre, fica na resenha. Uma hora, pensei: ‘Vou tocar a bola para ele e falar para ele dar a ‘La Boba’. Nisso, vou dar um carinho no meio dele. Mas me dei mal. Ele deu a ‘La Boba’ com uma caneta. Isso na frente de todo mundo. Passei vergonha. Não tem como (marcar). Ele puxa muito rápido”, contou William.

“O gringo é meu padrinho, desde o tempo de Inter. Ele me adotou. Inclusive, a gente se concentrava junto no hotel quando jogávamos. Desde cedo, ele me deu conselhos. Em campo, dominava a bola, corria, e ele achava os passes. Desde sempre, mantivemos contato, até mesmo quando fui para a Alemanha. Pedi conselho para ele. Agora, estou tendo a honra de (tê-lo no Cruzeiro)”, contou William.

Você acredita que o Cruzeiro possa se salvar do rebaixamento?

Você acredita que o Cruzeiro possa se salvar do rebaixamento?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Agora ele está mais calmo. O D’Ale é um cara sanguíneo. Ele quer que o cara corra o tempo inteiro. Como ele é muito competitivo, se tu não acompanhasse ele, ele acabava brigando com todo mundo. Mas não tinha como você ver o D’Ale correndo e não correr. Hoje, eu até incomodo ele, falando que está mais velhinho. E ele está fortinho, fazendo academia”, completou.

O que a torcida pensa sobre o assunto

“O Cruzeiro enfrenta o Athletico-PR nesta quinta-feira, às 20h, no Estádio do Mineirão, em Minas Gerais, pela 36ª Rodada do Brasileirão Série A. Acompanhe ao vivo no Bolavip Brasil.”