Na noite desta quarta-feira (13), o Internacional venceu o América-MG por 3 a 1, no Beira-Rio, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Patrick (duas vezes) e Yuri Alberto marcaram os gols, enquanto Ademir fez o do Coelho. A noite seria perfeita se o Corinthians não tivesse vencido o Fluminense, e se mantido no G6.

Na entrevista concedida na saída do gramado, o atacante Yuri Alberto admitiu que não foi bem hoje, mas deixou o dele: “Esse ambiente é maravilhoso. Vou agradecer à torcida por esse apoio que tem dado para a gente, por ter passado bastante confiança. Parabenizar também a equipe, pela entrega no jogo de hoje. Não fiz um bom jogo, mas quando tive a oportunidade, fiz o meu gol. Então é só agradecer a Deus pelo momento que eu estou vivendo aqui no Inter”.

Ele estava pressentindo que o técnico Diego Aguirre iria tirá-lo do jogo, como aconteceu um instante depois: “Antes de a bola sair, antes de acontecer o gol, falei: ‘bah, tô quebrando a nega, já, já o professor vai me tirar, então vou ter que fazer o meu’. Graças a Deus tive a oportunidade ali, eu ia ser substituído, e nem sabia. Acho que Deus coloca as pessoas na hora certa e no lugar certo, e eu pude estar na hora certa e no lugar certo para fazer o gol”.

Com o gol marcado nos acréscimos contra o América-MG, Yuri Alberto se tornou artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro de 2021, com 11 gols, ficando à frente de Gilberto e Hulk, ambos com 10, e que não marcaram na rodada. O camisa 11 revelou que nunca havia sido artilheiro de um campeonato: “Nunca fui um artilheiro de um campeonato principal, profissional. Acho que é só agradecer a Deus pelo momento que eu estou vivendo”.

Para manter a boa sequência no Campeonato Brasileiro, e entrar no G6, o Internacional enfrenta o Palmeiras no próximo domingo (17), no Allianz Parque, às 16h (horário de Brasília). No primeiro turno, o Verdão venceu por 2 a 1, quando o trabalho de Diego Aguirre ainda estava no início.