Com Wellington Paulista fora dos planos da comissão técnica e com grandes possibilidades de se transferir para o América Mineiro, Vojvoda pediu para que a diretoria do Fortaleza fosse ao mercado atrás de um camisa 9 de impacto para a temporada 2022. O presidente Marcelo Paz atendeu o pedido e nos últimos dias surpreendeu a todos com a contratação do artilheiro Silvio Romero, que também teve seu nome ligado ao Ceará. Em entrevista ao cabal do clube, o vice-presidente do Leão, Alex Santiago, explicou como foi a negociação com o destaque do Independiente.


“É uma felicidade muito grande para a gente poder contratar um atacante da qualidade e expressão do Silvio Romero em um ano tão especial. Vamos buscar boas posições nas competições e títulos, e o Silvio Romero é digno desses objetivos”, contou o dirigente que continuou elogiando o novo reforço. 

 

 


“Quando surgiu a oportunidade de entrar em contato com o agente do jogador, com o atleta, com o Independiente, não pensamos duas vezes por ser um atleta de expressão grande, simbologia grande com o Independiente, capitão da equipe e artilheiro considerado no futebol argentino. A gente queria ter um jogador dessa expressão para um ano tão importante como o que vamos enfrentar em 2022. Surgiu pelo monitoramento do CIFEC, nos aproximamos para ver condições negociais, Juan Pablo Vojvoda aprovou o nome, por conhecê-lo, disse que era um jogador de muita força e muita expressão. Foi uma negociação complexa, mas que chegou a um bom termo para o Fortaleza completou", em entrevista na TV Leão.

 

 

O atacante chegará ao Tricolor do Pici por empréstimo válido até novembro dessa temporada. A ideia era que o clube tivesse o atleta em definitivo, mas um outro tipo de modelo ficou acertado e os cearenses pagarão o salário do profissional em dólar. O dirigente do Leão explicou como foram as negociações. 

 

“Contratações desse tipo não são fáceis, temos que montar para o atleta um projeto que convença para vir, temos que ter criatividade para montar um modelo de negócio que se adeque ao que o Fortaleza pode fazer com responsabilidade financeira e dentro do que pode ser interessante para o Independiente e para o Silvio. Montamos um projeto legal para atrair o atleta, a família, de uma maneira muito humana. É um cara que gosta do intercâmbio cultural, Fortaleza é uma oportunidade legal para ele viver uma experiência dessa forma dentro de um projeto adequado para o jogador que ele é”, destacou o dirigente que além de Romero verá Vojvoda contar para o setor de ataque com Robson, Ángelo Henríquez, Edinho, Depietri, Romarinhoe  Igor Torres.