Depois de dias de incertezas nos bastidores, o TST autorizou pedido da CBF para a bola rolar entre Palmeiras x Flamengo faltando pouco menos de 10 minutos para o horário da partida. Dentro de campo, os times não saíram do 1 a 1. Patrick de Paula marcou pro Verdão, mas viu Pedro empatar pouco pro time visitante pouco mais de 1 minuto depois. Novas polêmicas vieram à tona após a partida. 

Diversos jornalistas e veículos de imprensa detonaram a postura do Flamengo. Porém, também apareceram aqueles que criticaram o método adotado pelo Palmeiras. A ESPN Brasil, por exemplo, exibiu um vídeo de comédia para satirizar a situação. O Palmeiras foi representado por Adolf Hitler, ditador alemão que enraizou o nazismo no país. O trecho do vídeo foi retirado do filme “A Queda”. 

O conteúdo foi legendado com brincadeiras acerca da partida entre Palmeiras e Flamengo. Não demorou pro vídeo viralizar entre a torcida, que rapidamente direcionou diversos ataques e pedidos de retirada do vídeo aos canais ESPN. Os torcedores não gostaram da ideia de ver seu time representado por um ditador que marcou seu nome na história da humanidade negativamente. O Alviverde ainda não se pronunciou. 

Nenhum jornalista ou representante oficial da ESPN comentou sobre o assunto. A postagem gerou muita polêmica e foi um dos tópicos mais comentados pelo Twitter na noite desta segunda-feira (28). Alguns torcedores sugeriram que o Palmeiras tome medidas legais sobre o vídeo postado pela emissora. Para piorar, o clima nos bastidores do Verdão piorou de ontem pra hoje. 

Vanderlei Luxemburgo foi duramente criticado pelos torcedores nas redes sociais. Eles levantaram uma hashtag que atingiu os Trending Topics do Twitter na noite deste domingo (27), com diversos pedidos de #ForaLuxemburgo. Sua saída, entretanto, é improvável neste momento. Apesar do empate, o Palmeiras segue na parte de cima da tabela. O empate diante dos jovens do Flamengo não foi bem visto pela torcida.