A Seleção Brasileira está praticamente classificada para a Copa do Mundo do Catar, que será disputada no final de 2022. O Brasil tem 31 pontos, 15 à frente da Colômbia, quarta colocada e última seleção que se classificaria para o Catar diretamente, sem precisar de passar pela repescagem. Ainda restam sete jogos para o final das Eliminatórias. Com tamanha vantagem, falta pouco para que a Seleção Brasileira carimbe o passaporte para o Catar

No duelo contra a Colômbia, pela 13ª rodada das Eliminatórias, o técnico Tite deve colocar em campo a Seleção Brasileira "ideal". Sem convocar os jogadores que atuam no Brasil, o treinador terá um time "europeu" em campo. E é bem provável que os atletas que entrem em campo contra a Colômbia estejam na abertura da Copa do Catar. 

"Para mim, estamos classificados, com a pontuação que temos, para a Copa do Mundo. Agora (o trabalho) parte para um estágio de preparação para a Copa onde poderemos enfrentar, por exemplo, uma Colômbia nas oitavas de final. É trabalhar nesse objetivo real, em cima da evolução e dessas pressões, inclusive que eu estou colocando agora", disse Tite em entrevista coletiva. 

A dúvida, e as críticas, paira em cima de dois nomes: Gabriel Jesus e Vinícius Júnior. O primeiro não marca pela Seleção há mais de dois anos. O segundo brilha com a camisa do Real Madrid, mas não tem chances com Tite. "O Gabriel é um atacante ou 9 ou 7. Tem versatilidade, é um jogador que tem virtudes físicas e técnicas para executar uma ou outra função", defendeu Tite. 

O Brasil deve ir a campo, contra a Colômbia, com Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar. A bola rola às 21h30, na Arena Corinthians.