A temporada não começou nada bem para o Manchester United que acabou sendo derrotado pelo Brighton por 2x1, dentro do Old Trafford. Além da frustração diante do resultado, a ausência de Cristiano Ronaldo foi percebida durante a partida. O CR7 ficou no banco de reservas e só entrou aos sete minutos do segundo tempo da partida.


Durante a coletiva o treinador Erik ten Hag esclareceu o motivo da decisão de não colocar o atacante na escalação inicial. “Cristiano Ronaldo está agora há 10 dias talvez, treinando com o time, e isso é muito pouco para 90 minutos. Então, este é o motivo por não termos começado com ele”, explicou.

Vale lembrar que Cristiano Ronaldo só se reapresentou a equipe no dia 26 de julho, e não participou de boa parte da pré-temporada dos Red Devils , a justificativa seria que o jogador pediu um tempo para resolver problemas particulares. Apesar disso parte da imprensa europeia ventilou informações de que o atleta buscava um novo destino durante o período.

Além de explicar o fato de ter deixado Cristiano Ronaldo no banco, Ten Hag avaliou a atuação da equipe e elogiou os adversários. “Eu acho que foi um bom começo. E então depois, nós caímos de nível, nossa confiança caiu. Nós cometemos erros, e o adversário nos puniu. Mas eu acho que era um bom adversário. Eles trabalham há muito tempo juntos. Quando você comete erros, você é punido por isso contra times como esse” avaliou o treinador que estreou no comando dos Reds.