O Fortaleza entra em campo na noite desta quarta-feira (24) para seguir escrevendo história na Copa Libertadores da América. A partir das 19h (horário de Brasília), o Leão do Pici encara o Colo-Colo, no estádio Monumental de Santiago, no Chile, e precisa apenas de um empate para garantir vaga nas oitavas de final. 

Para o duelo longe de casa, o técnico Juan Pablo Vojvoda tem um desfalque importante e ainda acumula dúvidas para definir a equipe titular. O zagueiro Marcelo Benevenuto está suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos e não fica à disposição. Além dele, outros dois defensores podem acabar ficando de fora. 

Na última quarta-feira (18), Tinga sofreu um entorse no pé esquerdo contra o Alianza Lima, pela Libertadores. Já no domingo (22), diante do Fluminense, em confronto válido pelo Campeonato Brasileiro, Titi deixou o gramado após quebrar dois dentes em uma disputa de bola. A dupla embarcou com a delegação rumo ao Chile, mas não tem presença confirmada.

De acordo com a reportagem do jornal "O Povo", Vojvoda conta com dois reservas imediatos para o sistema defensivo: Ceballos e Landázuri. Uma terceira opção, caso não conte com Tinga ou Titi, é o volante Matheus Jussa, que já atuou improvisado. O jovem Habraão, de apenas 20 anos, formado na base, viajou com o grupo e pode fazer sua estreia como profissional. 

A vaga nas oitavas de final pode dar um novo ânimo para o Fortaleza na disputa do Brasileirão, competição que o Clube ainda não venceu e aparece na última posição, além de garantir uma bolada. A classificação para a próxima fase vale 1,05 milhão de dólares (cerca de R$ 5,1 milhões). Somente pela participação na fase de grupos, o Tricolor já garantiu 3 milhões de dólares (R$ 14,6 milhões).