Olimpia-PAR tem interesse em Borja e Palmeiras bate o martelo; destino de Veiga é definido por Galiotte

Futebol: Mais notícias

Futebol Palmeiras

Olimpia-PAR tem interesse em Borja e Palmeiras bate o martelo; destino de Veiga é definido por Galiotte

De olho em 2020, o Palmeiras definiu o futuro de Raphael Veiga para a próxima temporada. Borja também teve uma decisão após o interesse do Olimpia-PAR 

Bolavip

Olimpia-PAR tem interesse em Borja e Palmeiras bate o martelo; destino de Veiga é definido por Galiotte

Olimpia-PAR tem interesse em Borja e Palmeiras bate o martelo; destino de Veiga é definido por Galiotte

Aos poucos, o Palmeiras vai dando rumo ao planejamento para o próximo ano: em entrevista aos canais FOX Sports, o presidente do Verdão, Maurício Galiotte, revelou que Raphael Veiga permanecerá no clube na próxima temporada. O jogador recentemente esteve na mira do Grêmio, mas não houve acordo.

Além do Imortal, Veiga também foi cogitado no Internacional, mas diferentemente do time azul, o Colorado não fez nenhuma oferta ao palmeirense. A permanência do meio-campista seria um pedido de Vanderlei Luxemburgo. O contrato do atleta de 24 anos vai até o fim de 2021: "Raphael Veiga é um grande jogador e está nos nossos planos para 2020", afirmou Galiotte. 

Apesar da permanência de Veiga, o Palestra deve ter a saída de Borja: de acordo com o site 'Globo Esporte', o camisa 9 tem negociações avançadas com o Olimpia, do Paraguai. O portal ainda destaca que antes do Palmeiras negociá-lo, o atacante deverá estender seu vínculo por mais um ano. O contrato do colombiano atualmente é até o fim de 2021, o Alviverde é dono de 70% dos direitos do atleta.

"Contratação mais cara da história do Palmeiras, Miguel Borja pode deixar o clube nos próximos dias. A diretoria do Verdão negocia o empréstimo do centroavante de 26 anos para o Olimpia, do Paraguai. Antes de selar a transferência, porém, o Palmeiras deverá estender por pelo menos mais um semestre o contrato do atacante (que atualmente é válido até o final de 2021), a fim de diminuir o risco de não conseguir negociá-lo em definitivo".

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.